26/12/2018
Acessórios

Brinco de argola: indispensável para todos os estilos

Brinco de argola: quem não ama? Impossível, não? Essa semijoia simples, mas que dá todo o charme à produção é indispensável no porta-joias. Outro motivo? Ele cai bem com todos os estilos de roupa. Dê só uma olhada! Antes, um brevíssimo histórico do quanto amamos brincos de argola e adornos em geral. História dos Brincos […]

Brinco de argola: quem não ama? Impossível, não? Essa semijoia simples, mas que dá todo o charme à produção é indispensável no porta-joias.

Outro motivo? Ele cai bem com todos os estilos de roupa. Dê só uma olhada! Antes, um brevíssimo histórico do quanto amamos brincos de argola e adornos em geral.

História dos Brincos de Argola

O brinco de argola, provavelmente, é um dos objetos de adorno mais antigos que já foram produzidos pelo homem.

Junto com a pintura corporal, os brincos enfeitavam o homem pré-histórico, e era feito de madeira ou osso, além de conchas e dentes. Depois, com o tempo, evoluiu para o cristal de rocha, os corais, jade, entre outras pedras de cores vivas.

Outros materiais facilmente faziam parte desses adornos como penas e sementes ao longo da história. Principalmente na moda hippie (artesanal), vemos isso com facilidade.

Então, é praticamente desde sempre que adoramos usar brincos, e se não fazíamos isso pela beleza em si, como hoje, fazíamos como uma manifestação artística. Além de tudo, é uma maneira de se diferenciar do outro.

O brinco também pode funcionar como um “amuleto”, cujo valor pode ser espiritual ou afetivo, porque lembra alguém, por exemplo.

É comum que em determinadas datas usamos aquele brinco que foi presente de alguém. Com brincos de argola isso também acontece? Sem dúvida. Com qualquer semijoia.

Datamos essas “joias” desde o Paleolítico e Neolítico, passando pela Idade dos Metais, depois para regiões como Mesopotâmia, Egito, Fenícia, Grécia, Roma e Bizâncio, até chegar aos tempos, digamos, mais recentes: Idade Média, século 19, até nós, século 21.

Em nosso tempo, desde os anos 1960 os brincos de argola são muito usados, os pequenos, os médios e os grandes. Mas a argola teve seu auge mesmo nos anos 2000.

Agora, volta com tudo e em muitos estilos: desde o básico, argola fina tamanho médio, aos maxis todo trabalhados, como se fossem rendas. E eles podem tanto ser fininhos como mais espessos ou com detalhes: pingente, pena, cristais, sobreposições…

Quem usa brincos de argola?

Muitas musas: Sabrina Sato, Paolla Oliveira, Britney Spears, Heidi Klum, Rihanna, Bruna Marquezine, Isabeli Fontana, Demi Lovato, Gisele Bündchen, Angelina Jolie, Alessandra Ambrósio, Giovanna Antonelli, olha… Ficaríamos aqui por muito tempo.

Famosas usando brincos de argola

Fonte: Pinterest

Justamente porque brincos de argola são unanimes. Se não são unanimes os médios, serão os grandes ou pequenos.

Inspiração para seguir, não falta. Ideias de looks? Também. Veja só como você pode usar brincos de argola e arrasar.

Como combinar?

Brincos de argola ficam lindos com faixas no cabelo, melhor estilo anos 1950/60 da moda americana. Eles ficam ótimos também com rabo de cavalo, porque aí aparecem bastante e valorizam o rosto, vide anos 1980 e a explosão do jeans. Para o dia a dia em que faltar inspiração para se vestir, vale apostar em brincos de argola e look básico: regatinha e jeans.

Se tiver a fim de juntar tendências, aposte em brincos de argola e piercings de pressão. O look vai ficar originalíssimo. Esses piercings estão super em alta. Já falamos dele aqui.

Para fazer um carão, combine um maxi brinco de argola com boné. A inspiração pode ser complementada com um bom jeans destroyed e tênis.

Agora, se a ideia é ficar sexy, o brinco de argola fino tamanho médio deve ser acompanhando de… vestidos! Frente única? Sim! Lurex? Sem dúvida. Couro? Pode apostar. Nos pés, um belo salto alto. Infalível.

Vestidos florais também ficam ótimos com brincos de argola e, claro, a onda romântica com seus vestidinhos claros, de renda, de tule, de babados. Para esses, prefira sempre argolas mais simples. Para arrematar a produção, os cabelos podem tantos estar soltos, bem escovados e levemente ondulados, como em coque, frouxo ou rente.

Para finalizar: mais uma dica estilosa para usar brinco de argola. Vamos unir duas tendências outra vez. Em uma orelha, use um brinco de bolinha básico. Na outra, as duas argolas, de preferência, finas, para não pesar. Estamos dando uma adaptada na trend que a Giovanna Antonelli lançou na novela e que falamos aqui.

Viu só como brincos de argola são versáteis? Temos certeza que você ainda vai conseguir criar muito mais produções com eles. Conheça todas as nossas opções de argolas e atualize já o seu porta-joias. Vai render look para o ano inteiro!

Francisca Joias Contemporâneas

Facebook Google+
Envie Seu Comentário

Francisca Joias no Instagram