Sem categoria

Baixa autoestima, reconheça os sinais e saiba como evitar!

No texto de hoje separamos um assunto que é delicado para muitas pessoas, porém necessário. Separamos cinco sinais claros de baixa autoestima e algumas dicas para você evitar e melhorar esse quadro na sua vida. Baixa autoestima não é doença Apesar de ser um dos sintomas de algumas doenças psiquiátricas, a baixa autoestima se qualifica […]

No texto de hoje separamos um assunto que é delicado para muitas pessoas, porém necessário. Separamos cinco sinais claros de baixa autoestima e algumas dicas para você evitar e melhorar esse quadro na sua vida.

Baixa autoestima não é doença

Apesar de ser um dos sintomas de algumas doenças psiquiátricas, a baixa autoestima se qualifica mais como um quadro pessoal de como o indivíduo enxerga a si mesmo. Não existe um tratamento oficial reconhecido nos manuais de medicina, mas existem algumas medidas a serem tomadas para que você a aumente.

Baixa autoestima é, basicamente, a opinião que você tem de você mesmo, seja sobre o seu corpo, sobre suas atitudes, sua personalidade, e assim por diante.

Existem alguns padrões comportamentais que a pessoa pode apresentar:

Insegurança

A pessoa com autoestima baixa tende a ter uma insegurança maior, principalmente nos seus relacionamentos, sejam eles amorosos ou não. Conscientemente ou inconscientemente, o indivíduo sente como se não fosse merecedor dos relacionamentos que possui, ou de quaisquer outras conquistas, o que pode acabar por sabotar as ligações com as pessoas que ama.

homem abandonando parceira e mulher sendo vitima de violência verbal no trabalho

 

Facilidade em desistir

A pessoa com autoestima baixa pode ter uma tendência maior a desistir de projetos, se isolar, manter-se na sua zona de conforto. Esse comportamento está ligado também à insegurança.

Dificuldade em se impor

Nota-se também uma dificuldade maior na hora de se impor. É comum que ela tenha medo de ser firme e impor limites. A pessoa pode congelar e aceitar condições com as quais não concorda apenas por medo de expressar sua vontade e opinião.

Separamos algumas atitudes que você pode notar se possui em seu comportamento:

você desiste de algo antes de começar? Na sua mente você começa a criar histórias sobre como tudo pode dar errado, como você é incapaz de iniciar um projeto? Esse é mais um indício de autoestima baixa.

Você fala mal de si constantemente para outros, mesmo que em tom de brincadeira? Muitas vezes falamos aquilo que mais pensamos e sentimos sem notar, esse é mais um indício de autoestima baixa.

Você evita se olhar muito no espelho ou tirar fotos? Geralmente esse é um tipo de sintoma que atinge mais as mulheres, que já sofrem muita pressão estética desde pequenas. Se você evita esse contato com seu corpo é um forte indício de autoestima baixa também. 

referências de pessoas com problemas de autoestima

 

O que fazer para melhorar

Basicamente, a autoestima baixa surge de pensamentos negativos repetidos diariamente. Eles podem partir de você ou de outra pessoa, que pode influenciar sua autoestima diretamente. 

Portanto, para obter uma melhora no seu quadro, é importante fazer o contrário de maneira sistemática e regrada. Pensamentos positivos repetidos diariamente.

Essas atitudes podem começar bem pequenas, porém devem partir de você para você. 

Leia mais: Conheça looks para arrasar em qualquer ocasião

Atitudes que podem mudar seu dia

Arrume seu ambiente de trabalho, ou sua casa. Um ambiente limpo traz maior clareza aos sentimentos. Chame os amigos para um encontro, nada que exija muito esforço emocional, precisa ser leve. Tire um dia inteiro para se cuidar e faça coisas que gosta nesse dia.

Finalize projetos, comece com pequenos projetos como assistir a um filme por completo ou ler um livro, e sinta-se orgulhoso disso, se dê os parabéns.

Vista-se bem

Use roupas que você goste, em que se sinta linda e empoderada. Use brincos, colares, pulseiras e todos os tipos de joias ou semijoias que estiverem a sua disposição e que sejam do seu agrado. Não economize na maquiagem nem nos acessórios.

Palavras positivas

Tenha um caderno, aonde você possa anotar as atitudes na sua vida que fazem com que você se orgulhe de si mesmo. É importante visualizar as coisas boas que você faz na vida. Repita palavras positivas para si em frente ao espelho, ou as escreva no caderno também e leia em voz alta todos os dias. 

Fique com quem te quer bem

Mantenha distância de pessoas negativas, que te puxam para baixo. O processo de redescobrir a autoestima é delicado e pessoas que te deprimem não ajudam nisso.

Busque inspiração em pessoas que melhorem seu dia

Nos dias de hoje é comum gatilhos pela internet, então use isso a seu favor. Siga pessoas que te inspiram a ser melhor, pessoas que te encorajam diariamente, pessoas que falam sobre a mesma dificuldade pela qual você passa.

A jornada ao redor de quem vivencia a mesma dificuldade fica mais leve, e você inconscientemente passa a perceber que se a pessoa que você admira pode, então você também pode!

 

exemplos de mulheres cuidando de si mesmas de diferentes formas

 

Leia mais: Parar de roer unhas. Dicas infalíveis para se livrar deste mal

Você é capaz

O processo é lento, passos de formiga, mas é normal, não queira se apressar. Você passou anos dizendo a si mesmo o quanto não era capaz, agora precisa dizer repetidas vezes para si mesmo que é capaz sim, de absolutamente tudo, e que você tem valor diante da vida e que merece ser feliz.

Estamos juntos, e esperamos que esse post tenha te ajudado a reconhecer seus sintomas e tenha te dado ânimo para começar uma nova jornada de amor próprio! 

Sabrina Nunes

SABRINA NUNES: AUTORA NO BLOG FRANCISCA JOIAS em Blog Francisca Joias
Sabrina Nunes é formada em Serviço Social, com especialização em empreendedorismo pela Fundação Dom Cabral.
Sabrina Nunes
Whatsapp
Telegram
Envie Seu Comentário

Francisca Joias no Instagram