Tipos de pérolas: em quais joias estão e como cuidar delas

Mulher usa acessórios com diferentes tipos de pérolas

Como as pérolas geralmente têm a reputação de serem raras e caras, elas são normalmente encontradas em joias. No entanto, os avanços na produção tornaram vários tipos de pérolas mais acessíveis para quem deseja adicioná-las à sua coleção de acessórios.

As pérolas são um símbolo de elegância e sofisticação há séculos. Elas são tradicionalmente usadas pelas mulheres como um sinal de riqueza, beleza e status.

Pingentes, brincos, colares, anéis e pulseiras são alguns dos acessórios mais comuns feitos com vários tipos de pérolas

As pérolas podem ser encontradas em uma variedade de cores, incluindo branco, rosa, laranja, azul, verde e preto.

As pérolas são formadas quando um agente irritante, como um grão de areia ou um parasita, entra na concha de um molusco, geralmente uma ostra. O agente estimula o tecido do manto a produzir nácar, que se forma ao redor e eventualmente se torna uma pérola.

No passado, essas preciosidades só eram coletadas na natureza por mergulhadores que procuravam manualmente pelas pérolas verdadeiras.

Hoje, elas já são cultivadas pelos humanos, por meio de um processo controlado, onde são colhidas quando atingem um determinado tamanho e qualidade.

Quer saber mais sobre os tipos de pérolas e como cuidar delas? Prossiga a leitura!

Existem quantos tipos de pérolas?

As pérolas são um tipo de gema preciosa que tem sido usada há séculos. Elas são consideradas valiosas desde os tempos antigos e foram até mencionadas na bíblia.

Para cada milhão de ostras, apenas uma produz uma pérola natural, e esta é a única gema de origem animal. Portanto, não é um acessório considerado “vegano”.

Existem dois tipos de pérolas: cultivadas e naturais. As pérolas cultivadas surgem em ambiente artificial, com intervenção humana, enquanto as pérolas naturais crescem espontaneamente em água salgada ou doce, seja no oceano ou em rios e lagos.

Encontrar pérolas de forma orgânica na natureza pode ser difícil devido à pequena quantidade de moluscos que as geram. Por isso, quando encontradas, custam extremamente caro.

Conheça os principais tipos de pérolas a seguir!

1- Arroz e Freshwater

Também conhecidas como “papoula” ou “keshi”, essas são um dos tipos de pérola verdadeira cultivadas em rios e lagos. Elas são pequenas e muitas vezes lembram um grão de arroz (daí o nome). Mas não é uma regra, algumas gemas possuem formato irregular, arredondadas e compridas. Elas podem ficar surpreendentemente lindas em uma pulseira de pérola, por exemplo.

Pulseira com pérola achatada

2- Tahiti

Também chamadas de pérolas negras, as pérolas do Taiti, embora o nome sugira, não são encontradas apenas nesta região.

Elas também são cultivadas na Indonésia, e possuem várias formas e nuances. Normalmente elas são encontradas na cor preta, mas também são achadas em outras tonalidades, como roxo, laranja, verde e cinza. Um dos tipos mais procurados é a pérola laranja.

3- Pérolas Akoya

Com predominância no cultivo na China e no Japão, as pérolas Akoya são menores em diâmetro do que outros tipos de pérolas encontradas nas águas. Elas vêm das menores ostras do mundo, as perlíferas.

Esse tipo de pérola é muito valorizado por seu formato redondo e brilho claro (geralmente na cor champanhe e branco). Elas são uma ótima opção para usar em brincos, principalmente para mulheres que se identificam com o estilo romântico.

Brinco de pérola com flor na orelha de uma mulher

4- Pérolas barrocas

As pérolas barrocas são chamadas assim porque sua forma não é gerada como pretendido durante o cultivo. Elas não têm um formato específico e nem são perfeitamente arredondadas. Além disso, elas vêm de águas doces e salgadas, possuindo uma variedade de cores. 

As pérolas barrocas têm um charme especial ao usá-las como acessórios delicados. Um colar de pérola também fica lindo com essas gemas.

5- South Sea

As pérolas do Mar do Sul são altamente valorizadas porque são uma das mais raras do mundo. Elas possuem entre 9 a 20 mm, e suas cores variam entre dourado, branco e creme.

O formato é perfeito para compor um anel de pérola, ganhando mais elegância ao ser complementada pelo ouro ou ródio branco. No entanto, a gema também pode ser usada como pingente solitário ou brinco de pérola única, para proporcionar um adorno discreto.

Anel de flor com pérola

6- Biwa

As pérolas de Biwa, ou “pérolas de água doce”, são produzidas principalmente no Japão, no Lago Biwa. Geralmente são coloridas em tons de branco e creme, com uma grande variedade em termos de tamanho e formato.

Usando esses tipos de pérolas, suas joias ganharão uma aparência marcante e elegante. Também dará um ar de exclusividade com o uso de ouro e diamantes, além de outros materiais requintados.

Qual a pérola mais valiosa?

As pérolas South Sea e Tahiti são consideradas as mais valiosas devido ao tamanho, brilho e características. Quanto mais redonda for a pérola, mais cara ela será.

As melhores pérolas têm uma forma redonda perfeita, são brilhantes e com alto nível de reflexo.

Qual a cor da pérola mais valiosa?

Como vimos acima, as pérolas mais valiosas são as South Sea e Tahiti, que podem ser encontradas nas cores dourado, branco ou creme e roxa, laranja, verde e cinza, respectivamente.

Qual a cor da pérola verdadeira?

Atualmente, é muito difícil distinguir uma pérola cultivada de uma orgânica. Elas passam por processos que as tornam muito semelhantes, inclusive em suas tonalidades.

As cores de pérola natural podem variar entre:

  • branca;
  • creme;
  • dourada;
  • azul;
  • verde;
  • acinzentada;
  • laranja;
  • negra;
  • rosa.

Ainda, é importante diferenciar as cores de pérolas naturais para as suas nuances.

As cores principais são o branco, o champanhe, o dourado, o verde e o preto, mas como é um processo natural, não é possível controlar exatamente o tom da pérola que vai se formar, podendo haver nuances que levam à cores rosadas e acinzentadas, por exemplo.

Qual a diferença entre Madrepérola e Pérola

A madrepérola é a camada de nácar que se forma na superfície de um molusco. O nácar adquire um brilho que reflete as cores do arco-íris quando reflete a luz e pode ser polido para criar belos objetos. 

Ela difere da pérola porque não é formada em torno de um corpo estranho, mas consiste em camadas de carbonato de cálcio.

Enquanto uma pérola tem uma forma redonda, uma madrepérola tem a forma da concha onde é formada.

A madrepérola é encontrada em muitas espécies de moluscos e é usada em semijoias, especialmente como miçangas e pingentes.

Brincos, anéis, pulseiras e colares com os mais variados tipos de pérolas costumam transmitir elegância e delicadeza aos looks, podendo até simbolizar amor, proteção e, dependendo do modelo, causar uma sensação de relaxamento pela beleza que a natureza incorpora.

Na Francisca Joias, você encontra diferentes opções de acessórios com madrepérolas e pérolas, que vão de brincos a tiaras.

Como cuidar dos acessórios de pérolas

Independentemente dos tipos de pérolas em sua joia, deve-se ter cuidado com o armazenamento e uso.

Guarde-as separadas dos demais acessórios e, se possível, as envolva em um tecido para que não risquem e percam o seu precioso brilho natural.

Se precisar limpar, basta usar um pano macio e úmido, sem produtos químicos de qualquer tipo, muito menos cosméticos para maquiagem. As pérolas são bastante delicadas, e produtos fortes podem fazer com que percam o brilho.

Não use nenhum tipo de material abrasivo para limpeza, como esponjas de lavar louça. Além disso, não guarde suas pérolas em sacolas plásticas: elas podem liberar substâncias químicas que danificam a pedra.

As pérolas devem ser os últimos itens que você coloca, após se vestir, então não há risco de respingar perfume, creme ou qualquer outro produto químico sobre elas. Com esses cuidados, seus acessórios podem durar muitos anos e até serem passados de geração em geração.

Veja também: Saiba como incluir pérolas no seu visual 

 Aprenda mais em nosso blog

E aí, você imaginou que existiam tantos tipos de pérolas? Elas, por si só, já são extremamente cativantes, mas se combinadas com outros materiais como o ouro, podem se tornar uma joia elegante.

Agora que você conhece cada uma delas, não perca a oportunidade de adquirir uma semijoia em nossa loja e adicionar mais requinte aos seus visuais.

GOSTOU? COMPARTILHE!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no twitter
Twitter

Deixe seu comentário